Costa Rica

    População - 4,872,543 (Julho 2016 est.)

    Capital - San José

    Língua oficial - Espanhol

    Moeda oficial - Colón

    Código Internacional de telefone - +506

    Fuso horário - UTC/GMT -6

    Principais aeroportos - Aeroporto Internacional Daniel Oduber Quirós (Libéria) | Aeroporto Internacional Limón | Aeroporto Internacional Juan Santamaría (San José)

    Pontos turísticos da Costa Rica

    Parque Nacional Tortuguero

    Os canais e a floresta do Parque Nacional do Tortuguero, na Costa Rica

    Apesar de estar localizado numa área remota - no nordeste do país - e de ser acessível apenas por barco ou avião, o Parque Nacional Tortuguero é um dos mais visitados da Costa Rica. Isto deve-se não só à fantástica biodiversidade de flora e fauna, mas em particular ao facto de este ser um dos mais importantes santuários de tartarugas nas Américas.

     

    É nas praias do Tortuguero que milhares de tartarugas marinhas nidificam e desovam, entre Julho e Outubro de cada ano e nem mesmo o facto de este ser um dos locais com maior pluviosidade na Costa Rica impede o esforço desta magnífica criatura marinha. Visitas guiadas são recomendadas para limitar o distúrbio causado pelo número crescente de turistas, além de que os guias conhecem bem a região e enriquecem a experiência.

     

    O parque cobre uma área superior a 120 km2, protegendo não só tartarugas, mas também pântanos, florestas e um dos recifes mais delicados da Costa Rica. Aproximadamente 50% das espécies de aves e répteis da Costa Rica são encontradas no parque, juntamente com uma diversidade incrível de flora e fauna, incluindo alguns dos mamíferos ameaçados como: jaguar, preguiça, anta e peixe-boi.

     

    Ao longo de caminhadas ou passeios de barco pelos canais, é possível detectar também macacos, tapir e quincaju - um mamífero nocturno com cabeça arredondada, orelhas e focinho pequenos, que se alimenta de frutos e insectos. A lista de animais é imensa e inclui também jacarés, crocodilos, tartarugas de água doce, lagartos, cobras, sapos, entre outros anfíbios. Embora existam muitas praias na região, a área costeira não é adequada para natação porque as correntes são fortes e perigosas e nas águas são avistados tubarões.

    Parque Nacional Corcovado

    Parque Nacional Corcovado, Costa Rica.

    Considerado por muitos como a jóia da coroa do sistema nacional de parques da Costa Rica, o Parque Nacional Corcovado é um lugar fantástico, permitindo o contacto com preciosa vida selvagem. O grande destaque em termos de vida selvagem é o jaguar, que pode ser avistado no Corcovado, sobretudo ao longo das caminhadas de grandes distância.

     

    O Corcovado é um dos mais complexos ecossistemas de água doce e salgada do planeta e o refúgio para mais de 500 espécies de árvores, 6000 espécies de insectos, 140 espécies de mamíferos, 400 espécies de aves, 115 espécies de anfíbios e répteis, 40 espécies de peixes e também preguiças, crocodilos e borboletas. Além disso, é um dos poucos locais na Costa Rica que abrigam o macaco-esquilo - uma espécie em risco de extinção - e 10% dos mamíferos encontrados nas Américas.

     

    Situado na Península de Osa, no Sudoeste da Costa Rica, o Corcovado acolhe vários ecossistemas que incluem mangais e floresta tropical. Aí existem vários percursos, sobretudo de longa distância, que incluem atravessar florestas e rios, até aqueles habitados por crocodilos. Alguns dos melhores trilhos de floresta tropical costeira da América Central encontram-se na Península de Osa e dela faz parte desta área protegida onde se integra o Parque Nacional Corcovado.

     

    Além do surf, que é um dos principais destaques, outras actividades populares na região são mergulho, snorkeling e pesca. Puerto Jiménez é a maior cidade da região, e várias pousadas podem ser encontradas na área da Drake Bay. A melhor época para visitar é quando chove menos - de Janeiro a Abril.

    Parque Nacional Manuel António

    Preguiça-de-dois-dedos, Parque Nacional Manuel António na Costa Rica

    O Parque Nacional Manuel António é o parque mais pequeno da Costa Rica, mas é o mais visitado, pois o acesso é simples a partir da capital costa-riquenha, San José. Localizado na costa do Pacífico, perto da descontraída cidade de Quepos, Manuel Antonio compreende uma diversidade de ecossistemas, incluindo exuberantes florestas tropicais, praias de areia branca e belos recifes de coral.

     

    Vida selvagem, praias e diversidade de vida selvagem são o que atraem visitantes para o Parque Nacional Manuel António. Em contraste com esta tranquilidade está a pequena cidade de Manuel António, conhecida pela animação.

     

    Caminhadas guiadas através do parque tornam fácil encontrar a vida selvagem, mas mesmo aqueles que se aventuram no parque por conta própria não terão dificuldades em encontrar macacos, preguiças e vários tipos de aves. Áreas de piquenique e miradouros ao longo dos percursos costeiros são perfeitos para fazer uma pausa, recarregar energias e deliciar-se com o seu piquenique e as belas paisagens costeiras.

    Vulcão Arenal

    Vulcão Arenal, na Costa Rica

    Até aos últimos anos, Arenal era o vulcão mais activo na Costa Rica, e as frequentes explosões de lava proporcionavam espectáculos incríveis. No entanto, em 2010, o ciclo do Arenal entrou numa fase de repouso, colocando uma pausa indeterminada nas erupções.

     

    O Parque Nacional do Vulcão Arenal encontra-se na acidentada Cordilheira de Tilarán e a atracção principal no parque é o vulcão Arenal, que chega aos 1633 metros. O Arenal estava adormecido desde 1500, até que 1968 uma violenta erupção matou 82 pessoas e destruiu duas aldeias. O parque é conhecido também pela biodiversidade com aproximadamente metade de todas as aves, répteis, anfíbios, e mamíferos da Costa Rica representados na sua área limítrofe.

    Reserva da Floresta Nublosa de Monteverde

    Floresta de Monteverde, Costa Rica

    As exuberantes montanhas verdes e selva tropical, envoltas em nuvens, amplificam o concerto de pássaros exóticos, animais e insectos. Localizada no centro da Costa Rica, a Reserva da Floresta Nublosa de Monteverde é um dos destinos turísticos mais visitados do país, devido à sua beleza natural surpreendente, extraordinária biodiversidade e abundância de actividades, incluindo tirolesa e passeios acima das copas das árvores.

     

    As florestas de Monteverde e Santa Elena tornaram-se destinos populares de ecoturismo. As nuvens que cobrem estas florestas fornecem a humidade necessária para sustentar habitats únicos para mamíferos, anfíbios e répteis, desde jaguares e pumas até rãs e macacos. Monteverde é uma pequena comunidade espalhada ao longo de vários quilómetros de estrada que leva à Reserva da Floresta Nublosa de Monteverde. A aldeia de Santa Elena é a povoação mais próxima da reserva e possui floresta própria, embora muito menos visitada.

     

    Monteverde tem uma série de outras atracções, como o Jardim das Borboletas, o Serpentarium, uma fábrica de queijo e galerias de arte. Várias percursos permitem aos visitantes deambular entre plantações de café e banana ou até ao topo das colinas para vistas da floresta e, num dia de céu limpo, do Vulcão Arenal. A zona é conhecida pelo saboroso café de Monteverde, pelo que não deixe de provar um bom café e comprar em grão ou moído para mais tarde saborear em casa.

    Quando visitar a Costa Rica

    O clima tropical divide o ano em duas estações: uma estação chuvosa, de Maio a Novembro, e uma estação seca, de Dezembro a Abril. Não há muitas diferenças de temperatura, excepto aquelas causadas por variações de altitude. A costa do Caribe tem humidade elevada na maior parte do ano, com temperaturas a rondar os 30°C durante o dia.

     

    Depois da Páscoa as multidões desaparecem e só voltam em Junho ou Julho, pelo que neste período intermédio irá beneficiar de preços mais acessíveis nos hotéis. O melhor momento para visitar a Costa Rica tende a ser nos meses de Abril (após a Páscoa), Maio e Novembro, quando as chuvas estão no início ou no final, e o país está verdejante e vazio de turistas.

     

    Na estação chuvosa, as manhãs são (por norma) de sol e as tardes chuvosas. As chuvas são mais fortes em Setembro e Outubro, no entanto, apenas impedirão que viaje até às zonas mais remotas do país - especialmente na Península de Nicoya - onde as estradas de terra ficam intransitáveis para todos os veículos, excepto todo-o-terreno.

    Costa Rica - Estado do tempo



    Segurança na Costa Rica

    Antes de partir de viagem é extremamente importante verificar quais as condições de segurança no país e região que vai visitar. Há vários motivos para dar uma vista de olhos nas informações detalhadas sobre segurança. Primeiro, pela sua própria salvaguarda e, também, para planear melhor a sua viagem. Depois, para se manter actualizado caso ocorra alguma situação menor ou grave durante a sua estadia na Costa Rica.


    O site do Governo inglês é actualizado com muita regularidade para todos os países e o meu conselho é que, mesmo antes de reservar o voo para o seu destino de eleição, espreite o site e verifique se existe alguma indicação de problemas. A informação está, obviamente, escrita em inglês, mas caso tenha dificuldade em perceber a língua inglesa pode optar por um tradutor online como o Google.


    Alguns exemplos que podem surgir antes ou durante a sua estadia e que merecem monitorização permanente são: atentados em Londres, manifestações na Venezuela, greves e cortes de estrada na Bolívia, furações nas Caraíbas, inundações na Ásia, ou fogos florestais em Portugal. Além disso, o site dispõe - para alguns países - de mapas regionais detalhados indicando os locais em que é desaconselhada a visita para turistas.

    Artigos sobre a Costa Rica