Início ÁsiaMongólia

    Mongólia

    População - 3,031,330 (Julho 2016 est.)

    Capital - Ulan Bator

    Língua oficial - Khalkha Mongol

    Moeda oficial - Tugrik

    Código Internacional de telefone - +976

    Fuso horário - UTC/GMT +8

    Principais aeroportos - Aeroporto Internacional Chinggis Khaan (Ulan Bator)

    Pontos turísticos da Mongólia

    Deserto de Gobi

    O Deserto de Gobi é o quinto maior deserto do mundo, espalhado pela China e Mongólia. O Gobi ocupa uma vasta área de 1600 km de comprimento e 500 a 1000 km de largura, com uma área estimada de 500 mil quilómetros quadrados.

     

    É um local de contraste com a maioria das outras partes da Mongólia. Grande parte do Gobi não é um deserto arenoso, mas rochoso. É possível viajar de carro sobre esta superfície em qualquer direção: para Norte em direcção às cordilheiras de Altai e Hangayn, para Leste em direcção a Da Hinggan, ou para Sul em direcção às Montanhas Bei e o vale de Huang He.

     

    Uma das zonas a visitar é Bayan Zag, onde existem formações rochosas que ganham vida ao nascer e pôr-do-sol, num espectáculo de tons e cores provocado pela luz solar.

    Dunas de Khongor

    As melódicas Dunas de Khongor - alcunha que ganharam pelos sons peculiares que o vento alegadamente causa - estão situadas a cerca de 180 km de Dalanzadgad. Estas dunas são a maior acumulação de areia no Parque Nacional Gobi, atingindo uma altura de 800 metros e estendendo-se até 12 km de largura e 150 km de comprimento.

     

    As dunas são delimitadas pela vegetação verde luxuriante, alimentada pelo Rio Khongoriin Gol, que é por sua vez suportado por linhas de água subterrâneas das montanhas vizinhas. Varridas constantemente pelos vento do deserto, as Dunas de Khongor de variam de cor com a luz solar.

    Parque Nacional Altai Tavan Bogd

    O Tavan Bogd é a montanha mais alta da Mongólia. O parque estende-se pela Rússia ao longo da fronteira chinesa, seguindo a Cordilheira de Altai que divide a China, Rússia, Mongólia e Cazaquistão, por mais de 200 km.

     

    No Parque Nacional Altai Tavan Bogd as montanhas estão invariavelmente cobertas de neve, onde existem vales glaciares, florestas, lagos e rios criando um cenário fantástico. No Norte do parque, o pico de Khuiten, a 4374 metros de altitude, e o Glaciar Potuninii atraem entusiastas de todo o mundo.

    Vale de Orkhon

    A fascinante área do Vale de Orkhon de Património da Humanidade da UNESCO, em 2004, elogiada como uma memória viva de tradições pastorais nómadas que datam de há mais de dois mil anos. O Vale de Orkhon é património mundial do UNESCO e percebe-se porquê. O cenário natural é, em alguns pontos, surreal.

     

    Aqui também foram encontradas escrituras do século VII, além do mosteiro de Tuvkhun. O Lago Naiman Nuur e a Catarata de Orkhon são outros dos locais obrigatórios no Vale de Orkhon. As águas dos rios são frias, mas isso não impede os visitantes de aí mergulhar. A paisagem do Vale Orkhon está localizada no centro da Mongólia, a cerca de 360 km da capital Ulan Bator.

    Quando visitar a Mongólia

    O clima severo da Mongólia é causado pela configuração geográfica do país, vastas planícies semi-desérticas - a cerca de 1500 metros de altitude. O clima rigoroso é compensado pela presença do sol em mais de 260 dias por ano. Por outro lado, o vento é frequentemente forte, particularmente na Primavera, provocando tempestades de areia. No Deserto de Gobi, os verões são escaldantes. A melhor altura para visitar a Mongólia é entre Maio e o final de Setembro.

    Mongólia - Estado do tempo



    Segurança na Mongólia

    Antes de partir de viagem é extremamente importante verificar quais as condições de segurança no país e região que vai visitar. Há vários motivos para dar uma vista de olhos nas informações detalhadas sobre segurança. Primeiro, pela sua própria salvaguarda e, também, para planear melhor a sua viagem. Depois, para se manter actualizado caso ocorra alguma situação menor ou grave durante a sua estadia na Mongólia.


    O site do Governo inglês é actualizado com muita regularidade para todos os países e o meu conselho é que, mesmo antes de reservar o voo para o seu destino de eleição, espreite o site e verifique se existe alguma indicação de problemas. A informação está, obviamente, escrita em inglês, mas caso tenha dificuldade em perceber a língua inglesa pode optar por um tradutor online como o Google.


    Alguns exemplos que podem surgir antes ou durante a sua estadia e que merecem monitorização permanente são: atentados em Londres, manifestações na Venezuela, greves e cortes de estrada na Bolívia, furações nas Caraíbas, inundações na Ásia, ou fogos florestais em Portugal. Além disso, o site dispõe - para alguns países - de mapas regionais detalhados indicando os locais em que é desaconselhada a visita para turistas.

    Artigos sobre a Mongólia


    Ainda não existem artigos. Explore outros destinos nos Lugares Incertos