Início EuropaRússia

    Rússia

    População - 142,355,415 (Julho 2016 est.)

    Capital - Moscovo

    Língua oficial - Russo

    Moeda oficial - Rublo

    Código Internacional de telefone - +7

    Fuso horário - UTC/GMT +3

    Principais aeroportos - Aeroporto Internacional Sheremetyevo (Moscovo) | Aeroporto Internacional Domodedovo (Moscovo) | Aeroporto Internacional Vnukovo (Moscovo) | Aeroporto Internacional Pulkovo (São Petersburgo)

    Pontos turísticos da Rússia

    Moscovo

    Catedral de São Basílio, Moscovo, Rússia

    Como capital da Rússia, Moscovo é a cidade mais importante da Rússia, não só pela sua dimensão, população (12 milhões de habitantes), razões políticas, mas pela cultura e edifícios imponentes. Moscovo é também conhecida pelo ballet, sinfonias e arte. Igrejas históricas, estátuas controversas, o edifício do Kremlin ou a Praça Vermelha enchem o horizonte e são locais imperdíveis. Até uma viagem no metro de Moscovo é como se passeasse por um museu.

    Irkutsk

    Irkutsk, na Sibéria, Rússia

    Irkutsk é considerada a capital da Sibéria Oriental e a paragem mais popular da viagem de comboio conhecida como Transiberiano. Com o Lago Baikal apenas a 45 km, a cidade é a melhor base para explorar a costa ocidental deste enorme lago. Em Irkutsk, é possível explorar a zona histórica e encontrar casas de madeira em paralelo com blocos soviéticos, além de várias igrejas ou o museu de geologia.

    São Petersburgo

    Museu Hermitage, São Petersburgo

    A segunda maior cidade da Rússia foi fundada em 1703 pelo czar Pedro, o Grande. São Petersburgo, que viu o nome mudado para Leningrado em 1924, foi a capital imperial da Rússia. Devido à posição no Rio Neva, a cidade é um destino popular. Conhecida como a capital cultural da Rússia, São Petersburgo possui uma das melhores colecções de arte do mundo, diversas escolas de ballet e igrejas que contribuem para a magnífica oferta cultural da cidade.

    Transiberiano

    Carruagens do Transiberiano, na Rússia

    Parte do sistema ferroviário mais longo do mundo, a clássica viagem de comboio Transiberiano liga Moscovo a Vladivostok, na fronteira da Rússia com a China e Coreia do Norte. O projecto ferroviário foi iniciado em 1891 pelo czar Alexandre III e completado pelo filho, o czar Nicolau II, em 1916.

     

    Muitos dos viajantes fazem, no entanto, uso da linha em diversos sentidos. Por exemplo, partindo de São Petersburgo até Vladivostok ou, o mais popular, entre Moscovo e Pequim com paragem na Mongólia. O Transiberiano dispõe de primeira, segunda e terceira classe, sendo que algumas cabines têm casa de banho e chuveiro.

    Lago Baikal

    Lago Baikal, na Rússia

    O Lago Baikal - o lago mais profundo e mais antigo do planeta - é uma paragem frequente para os turistas que viajam a bordo do Transiberiano, com destino a Vladivostok e Pequim. Localizado na Sibéria, o Lago Baikal com 25 milhões de anos detém cerca de 20 por cento da água doce do mundo. Rodeado por colinas, o lago é conhecido como a Pérola da Sibéria e um destino de férias muito popular.

    Quando visitar a Rússia

    Como maior país do mundo, a Rússia dispõe de um clima com temperaturas que descem à medida que se viaja de Sul para Norte e de Oeste para Este. Os Invernos são muito frios (-20°C ou menos), sobretudo em Moscovo, com queda de neve. O Outono permite admirar a mudança de cores e o Inverno, embora muito frio, possui neve para tornar as regiões encantadoras. E se o frio persistir, pode sempre beber um copo de vodka para aquecer.

     

    No Verão, os dias e noites são quentes, com frequentes ondas de calor em Agosto. A Primavera é excelente para assistir a rituais e procissões da Páscoa ortodoxa e o Outono é óptimo para participar em festivais. A melhor altura para visitar a Rússia é a Primavera, Verão e Outono, ou seja, desde Maio até final de Setembro.

    Rússia - Estado do tempo



    Segurança na Rússia

    Antes de partir de viagem é extremamente importante verificar quais as condições de segurança no país e região que vai visitar. Há vários motivos para dar uma vista de olhos nas informações detalhadas sobre segurança. Primeiro, pela sua própria salvaguarda e, também, para planear melhor a sua viagem. Depois, para se manter actualizado caso ocorra alguma situação menor ou grave durante a sua estadia na Rússia.


    O site do Governo inglês é actualizado com muita regularidade para todos os países e o meu conselho é que, mesmo antes de reservar o voo para o seu destino de eleição, espreite o site e verifique se existe alguma indicação de problemas. A informação está, obviamente, escrita em inglês, mas caso tenha dificuldade em perceber a língua inglesa pode optar por um tradutor online como o Google.


    Alguns exemplos que podem surgir antes ou durante a sua estadia e que merecem monitorização permanente são: atentados em Londres, manifestações na Venezuela, greves e cortes de estrada na Bolívia, furações nas Caraíbas, inundações na Ásia, ou fogos florestais em Portugal. Além disso, o site dispõe - para alguns países - de mapas regionais detalhados indicando os locais em que é desaconselhada a visita para turistas.

    Artigos sobre a Rússia