Cuba

    População - 11,179,995 (Julho 2016 est.)

    Capital - Havana

    Língua oficial - Espanhol

    Moeda oficial - Peso

    Código Internacional de telefone - +53

    Fuso horário - UTC/GMT -5

    Principais aeroportos - Aeroporto InternacionaI Ignacio Agramonte (Camaguey) | Aeroporto InternacionaI José Martí (Havana) | Aeroporto Juan Gualberto Gómez (Varadero)

    Pontos turísticos de Cuba

    Trinidad

    Homem cubano sentado nas ruas de Trinidad, em Cuba

    Desperte com o som dos cascos dos cavalos nas ruas de calçada, alternando com o apregoar dos vendedores de pão em bicicletas. Abra os olhos, atente no interior da sua habitação decorada com cores brilhantes e tente convencer-se de que está no século XXI.

     

    Visitar a fantástica cidade de Trinidad, Património Mundial da UNESCO desde 1988, é como voltar atrás no tempo. Edifícios restaurados na perfeição e ruas de calçada no centro da cidade mostram uma interessante preservação do passado colonial de Cuba. Grande parte da arquitectura data do período entre o século XVII e o século XIX, quando Trinidad prosperou bastante da produção de açúcar e do tráfico de escravos. Se vai a Cuba com a expectativa de edifícios coloniais coloridos, praças amplas, e ruas de pedra de calçada, Trinidad tem tudo.

     

    Absorva o autêntico charme cubano da cidade, visitando um dos muitos museus ou o Vale dos Moinhos de Açúcar - nas proximidades de Trinidad. Saboreie um café numa esplanada, descanse no degrau de uma casa local ou de uma loja de rações e converse com os simpáticos habitantes locais. Ou saia da cidade e mergulhe nas águas cristalinas da Playa Ancón, quiçá a melhor praia da costa sul.

     

    A Leste de Trinidad, na estrada para Sancti Spíritus, e também incluído pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade, está o Valle de los Ingenios. A região contém inúmeras relíquias e monumentos do século XIX, quando as plantações de cana-de-açúcar floresceram. Este é também um óptimo lugar para ir à descoberta de fantásticas paisagens verdejantes, cobertas por campos de cana-de-açúcar, palmeiras e zonas montanhosas.

     

    Hoje, Trinidad é uma das cidades turísticas mais populares de Cuba e as ruas estão repletas de visitantes estrangeiros, encantados pela tranquilidade e beleza da cidade. Os viajantes podem apreciar a Plaza Mayor, a praça central da cidade, com pavimentos revestidos a calçada, ou a Igreja Parroquial de la Santísima Trinidad. Outros destaques são a Igreja e o Convento de São Francisco, com os seus sinos no alto da torre, o Museu de Arquitectura Colonial o Palácio Brunet, um edifício imponente construído em 1812 e ainda com as pinturas originais e pisos de mármore.

     

    Felizmente, apesar da invasão turística o turismo não apagou o carácter original de Trinidad. A cidade mantém o ar calmo, quase sonolento, mas convidativo. Trinidad é um verdadeiro museu ao ar livre.

    Parque Nacional Viñales (Valle de Viñales)

    Pôr-do-sol em Viñales, Cuba

    Património Mundial da UNESCO, o Parque Nacional Viñales é um vale luxuriante na Sierra de los Organos, a norte de Pinar del Rio. Colinas de calcário íngremes, os chamados mogotes, espalham-se pelo vale criando uma paisagem dramática.

     

    Os solos do Parque Nacional Viñales são perfeitos para a agricultura e aqui as principais áreas de cultivo estão ocupadas com campos de tabaco (esta é a principal região tabaqueira de Cuba), frutas e vegetais. Para os entusiastas de actividades ao ar livre, o parque oferece fantásticas caminhadas, passeios de bicicleta e passeios a cavalo. E nenhuma viagem a Viñales estaria completa sem uma visita a uma fazenda de tabaco local para aprender a enrolar um charuto autêntico.

     

    A pacata cidade de Viñales é uma excelente base para explorar a área circundante e esta zona era, supostamente, a favorita de Fidel Castro. Ao estilo colonial cubano, a povoação de Viñales apresenta distintas habitações coloridas, de onde sobressaem varandas imaculadas. Nas varandas, cadeiras embaladas pelos moradores locais assistem ao passar do tempo e anseiam por uma fresca brisa para aliviar do calor e humidade.

    Península de Zapata (Ciénaga de Zapata)

    Flamingos na reserva da Biosfera Ciénaga de Zapata, Matanzas, Cuba

    Um refúgio para observadores de aves e amantes da natureza, a Península de Zapata é uma área remota, pouco povoada de Cuba, com paisagens diversas e uma das maiores zonas húmidas do Caribe. Ciénaga de Zapata, ou Pântano de Zapata, como é conhecida a região, é uma Reserva da Biosfera da UNESCO, que abriga cerca de 150 espécies diferentes de aves e um elevado número de crocodilos.

     

    Na foz da Baía dos Porcos (Bahia de Cochinos) está a Playa Girón, o famoso local da fracassada invasão americana em Cuba. Os cartazes de propaganda ainda elogiam a vitória histórica de Cuba sobre os EUA em 1961. Os visitantes podem explorar esta fascinante história no pequeno Museu Girón.

     

    Boca de Guama é o centro turístico da península e a principal atracção é o Criadero de Cocodrilos - um santuário de crocodilos. Nas proximidades, na Laguna del Tesoro fica Villa Guama, um resort turístico projectado como uma vila indiana que só é acessível por barco.

     

    No topo da Baía dos Porcos, Playa Larga é o local onde mergulhadores ávidos podem descobrir animais ao longo do recife, enquanto no Nordeste da Playa Larga encontra-se um grande santuário de pássaros e o Centro Internacional de Aves.

    Havana

    Carros clássicos em Havana velha, Cuba

    Já muito se disse, viu e escreveu sobre Havana, mas a capital de Cuba nunca cansa. Havana é uma fatia bem preservada da história cubana e inscrita na lista de Património da Humanidade desde 1982. Passeando pelas ruas de paralelepípedos e olhando para os grandes edifícios barrocos e neoclássicos, é fácil imaginar como era a vida em Cuba há 100 ou 200 anos, embora ainda existam demasiados prédios com necessidade urgente de renovação.

     

    Havana Velha é uma área especial em Cuba que delicia viajantes e moradores locais. Esta secção histórica da capital de Cuba foi fundada em 1519 pelos espanhóis e durante séculos foi um importante porto naval da Espanha colonial. Por se encontrar numa posição estratégica, a cidade foi alvo de ataques de piratas e as ruínas das muralhas defensivas que cercavam a cidade ainda hoje podem ser apreciadas.

     

    As principais atracções em Havana Velha incluem a Plaza de la Catedral - onde está a Catedral de San Cristobal. Além disso pode visitar o lendário restaurante e ponto de encontro de Ernest Hemingway - Bodeguita del Medio - e a fortaleza militar, Castillo de la Real Fuerza. Na Plaza Vieja encontra-se a Casa del Conde Jaruco, do século XVIII, um edifício com janelas de vitrais no primeiro andar. Não muito longe, a câmara obscura oferece vistas fantásticas do cimo da torre de 35 metros.

     

    A Cidade Velha contém museus, hotéis, restaurantes e lojas que preenchem as ruas de calçada original. Praças pitorescas, imponentes edifícios coloniais com enormes fachadas, igrejas robustas, jogos de xadrez e dominó, salsa e os inevitáveis charutos são a essência de Havana.

     

    Dois dias, no mínimo, é o recomendado para explorar Havana Velha, para trocar olhares e conversas, para entrar no ritmo lento da cidade, inalar o aroma a charutos de qualidade ou apenas admirar os detalhes das fachadas dos prédios coloniais.

    Varadero

    Praia de Varadero em Cuba

    Varadero é um dos destinos de praia mais famosos de Cuba. Estende-se ao longo da Península de Hicacos, que se projecta mar fora pela costa norte. Mais de 50 hotéis de linha ocupam esta popular faixa e as suas magníficas praias de areia branca atraem visitantes de todo o mundo. Destacam-se o Parque Natural de Punta Hicacos - uma reserva natural com uma praia impressionante - e duas cavernas, Cueva de Ambrosio e Cueva de Musulmanes.

     

    A Nordeste de Varadero, o Parque aquático de Cayo Piedra é um local popular para mergulho e snorkelling em que os exploradores sub-aquáticos vão encontrar naufrágios e extensos cardumes de peixes coloridos. Além de mergulho e snorkeling, Varadero oferece excelente pesca de alto mar, golfe, pára-quedismo e passeios diários a atracções culturais.

    Cayo Coco

    Cayo Coco, em Cuba

    Outro dos destinos de praia idílica de Cuba e um dos mais isolados, Cayo Coco, esteve presente nos romances de Hemingway, o Velho e o Mar e Ilhas na Corrente. Cayo Coco, como parte dos Jardines del Rey, está ligado ao continente por uma ponte, embora a maioria dos visitantes chegue por via aérea.

     

    Praias de areia tão doce e fina quanto açúcar são a principal atracção. A Playa Los Flamencos, no lado Atlântico da ilha, e a tranquila e pacata Playa Prohibida são dois dos destaques. Os fãs da natureza apreciarão o parque natural de El Baba, refúgio de tartarugas, crocodilos e flamingos, e inúmeras aves. Aqui, em termos de alojamento, reinam os “tudo incluído”.

    Baracoa

    Baracoa, Cuba

    Situada na extremidade oriental de Cuba, a pequena cidade costeira de Baracoa é considerado um dos lugares mais pitorescos do país. Envolvida pela exuberante vegetação tropical, com vários rios que desaguam numa baía do Atlântico, a cidade tem desfrutado anos de solidão relativa e até 1964 a única maneira de chegar a Baracoa era através do mar.

     

    Originalmente uma pequena aldeia piscatória e agrícola, Baracoa oferece agora aos visitantes muitas coisas para ver e fazer como caminhadas, rafting e passeios de barco. Há ainda uma Reserva da Biosfera da UNESCO -que protege uma das últimas florestas tropicais intocadas do mundo - e muitas praias tranquilas para simplesmente relaxar e desfrutar.

     

    Para realmente apreciar o cenário espetacular, os visitantes devem conduzir pela estrada La Farola, cerca de 50 km, até às montanhas de Cajobabo. O Forte Matachín resume a história fascinante de Baracoa e também proporciona vistas panorâmicas sobre a baía.

    Quando visitar Cuba

    Em Cuba, o clima subtropical divide o ano em duas grandes estações: uma estação chuvosa, de Maio a Outubro, com temperaturas médias de 30°C em Julho e Agosto, e uma estação seca, de Novembro a Abril, com temperaturas a rondar os 20°C em Fevereiro.

     

    No final do Verão registam-se chuvas fortes, durante Setembro e Outubro, com forte possibilidade de ocorrência de furacões. Embora caia de forma intensa, a chuva raramente permanece por muito tempo em Cuba. Em comparação com outras Ilhas das Caraíbas e alguns países centro-americanos, Cuba tem-se mantido relativamente resistente até mesmo durante os furacões mais ferozes, embora as áreas rurais sejam mais vulneráveis. Os poderosos furacões de 2017 deixaram marcas em alguns locais da ilha.

     

    O pico da temporada turística vai de meados de Dezembro a meados de Março, e em Julho e Agosto. Os preços disparam e as multidões são mais volumosas no Verão, quando se inicia a temporada de férias para os cubanos. A melhor época para visitar Cuba será em Novembro e entre Janeiro e Abril, ou seja, depois da época de furacões e antes do período festivo natalício e depois do Natal.

     

    Em comparação com as celebrações em todos os outros países, o Natal é um caso discreto em Cuba, com ênfase na celebração familiar privada. A véspera de Ano Novo, também a véspera do aniversário da Revolução, é fervorosamente celebrada. Para os cubanos, 1 de Janeiro de 1959, representou o fim da ditadura de Fulgencio Batista.

    Cuba - Estado do tempo



    Segurança em Cuba

    Antes de partir de viagem é extremamente importante verificar quais as condições de segurança no país e região que vai visitar. Há vários motivos para dar uma vista de olhos nas informações detalhadas sobre segurança. Primeiro, pela sua própria salvaguarda e, também, para planear melhor a sua viagem. Depois, para se manter actualizado caso ocorra alguma situação menor ou grave durante a sua estadia em Cuba.


    O site do Governo inglês é actualizado com muita regularidade para todos os países e o meu conselho é que, mesmo antes de reservar o voo para o seu destino de eleição, espreite o site e verifique se existe alguma indicação de problemas. A informação está, obviamente, escrita em inglês, mas caso tenha dificuldade em perceber a língua inglesa pode optar por um tradutor online como o Google.


    Alguns exemplos que podem surgir antes ou durante a sua estadia e que merecem monitorização permanente são: atentados em Londres, manifestações na Venezuela, greves e cortes de estrada na Bolívia, furações nas Caraíbas, inundações na Ásia, ou fogos florestais em Portugal. Além disso, o site dispõe - para alguns países - de mapas regionais detalhados indicando os locais em que é desaconselhada a visita para turistas.

    Artigos sobre Cuba