Início ÁsiaIrão

    Irão

    População - 82,021,564 (Julho 2017 est.)

    Capital - Teerão

    Língua oficial - Farsi (Persa)

    Moeda oficial - Rial Iraniano

    Código Internacional de telefone - +98

    Fuso horário - UTC/GMT +3h30

    Principais aeroportos - eroporto Internacional Imam Khomeini (Teerão) | Aeroporto Internacional de Mashhad | Aeroporto Internacional de Isfahan | Aeroporto Internacional de Shiraz

    Pontos turísticos do Irão

    Teerão

    Vista de Teerão, Irão

    Com uma população de cerca de oito milhões de pessoas na cidade e 15 milhões na zona metropolitana, Teerão, é a cidade mais populosa do Irão. Mas, Teerão, é muito mais do que caos no trânsito e nas ruas. A cidade conquista visitantes pelo clima, proximidade das montanhas, extensos parques e jardins, gastronomia e acolhimento dos cidadãos locais.

     

    E, em pleno coração de Teerão, o Grande Bazar é um local imperdível. É estimado que o Bazar de Teerão se prolongue por mais de dez quilómetros de becos labirínticos e lojas onde clientes e vendedores regateiam preços a cada dia do ano. Na capital há ainda espaço para visitar o Museu Nacional do Irão ou Palácio de Golestan.

    Kish

    Kish, Irão

    Kish é uma ilha turística de 90 km2 no Golfo Pérsico, ao largo da costa Sul do Irão. Kish é reconhecida pelos recifes de coral, pela fauna - com golfinhos, focas e aves - e pelas várias praias atraentes. Existe uma variedade de actividades para passar o tempo, como jet-ski, vela, pesca, parapente, caminhadas ou passeios de barco.

     

    A ilha de Kish é muitas vezes apelidada de Pérola do Golfo Pérsico e investidores iranianos estão a usar fundos para tornar Kish num destino turístico ainda mais reconhecido. As praias de areia branca, recifes de coral, regras islâmicas mais relaxadas, um aeroporto e a proximidade com o Dubai irão fazer o resto. Algumas praias de Kish são exclusivas para mulheres.

    Shiraz

    Shiraz é a quinta cidade mais populosa do Irão e a capital da província de Fars. Segundo os historiadores islâmicos, Shiraz só surgiu após a conquista árabe do Irão. Referida muitas vezes como o coração da cultura persa durante mais de 2000 anos, a cidade de Shiraz tornou-se sinónimo de educação, poesia e vinho.

     

    Os edifícios mais interessantes em Shiraz estão localizados na parte antiga da cidade, onde se incluem várias mesquitas. No centro histórico da cidade pode ainda visitar o Bazar Vakil, o jardim de Delgosha, ou o Jardim de Eram (Bagh-e Eram) - um jardim persa histórico. O nome deriva de um dos quatro jardins do Paraíso mencionado no Alcorão.

     

    O nome Shiraz é associado ao vinho e, a verdade é que, até à revolução islâmica, o Irão tinha uma tradição vinícola que se tinha arrastado por séculos. A primeira evidência de cultivo de uvas em Shiraz terá sido encontrada por volta de 2500 a.C.

    Praça Naqsh-e Jahan

    Mesquita Shah, Isfahan

    Naqsh-e Jahan é uma praça no centro da cidade de Isfahan. Construída entre 1598 e 1629, a praça é agora um importante local histórico e Património da UNESCO. Naqsh-e Jahan estende-se por uma área de mais de 89 mil metros quadrados, cercada por estruturas da era Safavid.

     

    No lado Sul da praça está situada a Mesquita Shah, no lado Oeste, o Palácio Ali Qapu. A Leste da praça fica a Mesquita Sheikh Lotfollah e, do lado norte, a entrada de Keisaria convida à entrada para o Grande Bazar de Isfahan.

    Quando visitar o Irão

    O Irão é vasto e apresenta diferentes tipos de clima: suave e húmido na costa do Mar Cáspio, continental e árido no planalto, frio nas montanhas e quente na costa Sul e Sudeste. Na região do Mar Cáspio, o clima é suave, com toque mediterrânico, com Invernos bastante amenos e chuvosos e Verões quentes e húmidos.

     

    Dada a imensidão do Irão e as diferentes regiões climáticas, a melhor altura para visitar o Irão é durante a Primavera e Outono, ou seja, entre Abril e Junho e entre Setembro e final de Outubro ou Novembro.

    Irão - Estado do tempo



    Segurança no Irão

    Antes de partir de viagem é extremamente importante verificar quais as condições de segurança no país e região que vai visitar. Há vários motivos para dar uma vista de olhos nas informações detalhadas sobre segurança. Primeiro, pela sua própria salvaguarda e, também, para planear melhor a sua viagem. Depois, para se manter actualizado caso ocorra alguma situação menor ou grave durante a sua estadia no Irão.


    O site do Governo inglês é actualizado com muita regularidade para todos os países e o meu conselho é que, mesmo antes de reservar o voo para o seu destino de eleição, espreite o site e verifique se existe alguma indicação de problemas. A informação está, obviamente, escrita em inglês, mas caso tenha dificuldade em perceber a língua inglesa pode optar por um tradutor online como o Google.


    Alguns exemplos que podem surgir antes ou durante a sua estadia e que merecem monitorização permanente são: atentados em Londres, manifestações na Venezuela, greves e cortes de estrada na Bolívia, furações nas Caraíbas, inundações na Ásia, ou fogos florestais em Portugal. Além disso, o site dispõe - para alguns países - de mapas regionais detalhados indicando os locais em que é desaconselhada a visita para turistas.

    Artigos sobre o Irão