Início ÁsiaÍndia

    Índia

    População - 1,266,883,598 (Julho 2016 est.)

    Capital - Nova Deli

    Língua oficial - Hindi, Inglês

    Moeda oficial - Rúpia

    Código Internacional de telefone - +91

    Fuso horário - UTC/GMT +5.5

    Principais aeroportos - Aeroporto Chhatrapati Shivaji (Mumbai) | Aeroporto Internacional Indira Gandhi (Nova Deli)

    Pontos turísticos da Índia

    Parque Nacional de Periyar

    Uma das atracções turísticas mais populares do Sul da Índia, o Parque Nacional de Periyar funciona em redor de um lago construído por engenheiros britânicos. Fundado em 1934, este parque é o habitat de numerosas espécies de mamíferos, incluindo uma grande população de elefantes, javalis, lontras, macacos e tigres de Bengala, além de aves e borboletas.

     

    A melhor forma de apreciar o cenário de montanha do parque é fazer um cruzeiro no lago ou caminhar na selva. Pode ainda encontrar locais onde são plantadas especiarias, chá e café.

    Grutas Ellora

    As Grutas Ellora são compostas por um complexo de 34 templos, santuários e mosteiros de três religiões: 12 budistas, 17 hindus e cinco pertencentes à fé jainista. As famosas Grutas Ellora foram construídas entre os séculos V e X por adeptos de três religiões: budismo, jainismo e hinduísmo e atraem milhares de visitantes anualmente.

    Mumbai

    Mumbai - ou Bombaim como era conhecida - foi construída em grande parte pelos britânicos num dos portos naturais mais protegidos do mundo. Mumbai é o centro económico da Índia e também a sede da indústria cinematográfica de Bollywood. Pode visitar também os bazares de Kalbadevi e Bluleshwar e viajar de barco até às Grutas de Elefanta.

    Parque Nacional de Kanha

    O Parque Nacional de Kanha é considerada uma das mais atraentes reservas de vida selvagem da Ásia e um dos melhores locais para avistar tigres na Índia. A zona, com 940 km², já inspirou livros e documentários. Declarado parque nacional em 1955, o Kanha ocupa a área de dois distritos, Mandla e Balaghat, na região de Madhya Pradesh. Além de tigres, também leopardos e cães selvagens podem aqui ser avistados.

    Varanasi

    Situado nas margens do Rio Ganges, Varanasi é sagrado para os hindus, budistas e jainistas. Um importante centro de peregrinação para os hindus, a cidade sagrada de Varanasi é associada com o poderoso e extenso Rio Ganges - um dos mais importantes símbolos religiosos. Datada do século VIII a.C, Varanasi é uma das mais antigas cidades habitadas do mundo.

    Banhar-se no Ganges é um acto grande relevância para os hindus. Numerosos acessos - conhecidos como ghats - dispõem de escadas e conduzem à água onde os fiéis se banham antes das orações. Em muitos aspectos, Varanasi personifica os melhores e piores aspectos da Índia, com excesso de população e poluição.

    Taj Mahal

    Com vista para o rio Yamuna, visível do Forte de Agra no Ocidente, o Taj Mahal, em Agra, é um imenso mausoléu de mármore branco, construído entre 1631 e 1653. A construção foi ordenada pelo imperador Mughal Shah Jahan em memória da sua mulher favorita. Cerca de 20 mil operários trabalharam arduamente para completar a obra durante 22 anos.

     

    Além do mausoléu de mármore em forma de cúpula branca, o Taj Mahal inclui outros edifícios, piscinas e extensos jardins com árvores e arbustos floridos. O Taj Mahal é, de longe, o edifício mais famoso da Índia.

     

    A melhor altura para visitar é ou ao nascer ou pôr-do-sol. O edifício muda de cor ao longo do dia, entre rosa e azul. Dois dias antes e depois da lua cheia, o Taj Mahal está aberto à noite, mas os bilhetes devem ser reservados com pelo menos 24 horas de antecedência, nas instalações do Archaeological Survey of India, em Agra.

    Quando visitar a Índia

    O clima de um país tão vasto como a Índia pode ser dividido em três estações: quente, chuvosa e fria. O clima quente verifica-se entre Fevereiro e Maio, a Norte. As temperaturas podem exceder 45°C no Centro da Índia.

     

    No final de Maio, a monção começa com trovoadas e tempestades tornando-se estas gradualmente mais fortes de Sul para o Norte. A monção varre todo o território até Outubro, excepto na costa Sudeste onde é mais intensa entre Outubro e Dezembro. Por outro lado, as temperaturas caem significativamente no Norte entre Outubro e Janeiro.

     

    A melhor época para visitar a Índia varia, portanto, consoante a área, embora o período de Novembro a Março seja o melhor para a maior parte do território. Para visitar Caxemira ou as montanhas de Himachal Pradesh, é aconselhável o período entre Abril e Setembro. A monção é um bom período para visitar o deserto do Rajastão e do noroeste dos Himalaias.

    Índia - Estado do tempo



    Segurança na Índia

    Antes de partir em viagem é extremamente importante verificar as condições de segurança no país e região que vai visitar. Há vários motivos para dar uma vista de olhos nas informações detalhadas sobre segurança. Primeiro, pela sua própria salvaguarda e, também, para planear melhor a sua viagem. Depois, para se manter actualizado caso ocorra alguma situação menor ou grave durante a sua estadia na Índia.

    O meu conselho é que, mesmo antes de reservar o voo para o seu destino de eleição, espreite o site Governo inglês e verifique se existe alguma indicação de problemas. Alguns exemplos que podem surgir antes ou durante a sua estadia e que merecem monitorização permanente são: atentados em Londres, manifestações na Venezuela, greves e cortes de estrada na Bolívia, furações nas Caraíbas, inundações na Ásia, ou fogos florestais em Portugal ou na Austrália.


    Além disso, o site dispõe - para alguns países - de mapas regionais detalhados indicando os locais e regiões em que é desaconselhada a visita para turistas. O site é actualizado com muita regularidade para todos os países. A informação está, obviamente, escrita em inglês, mas caso tenha dificuldade em perceber a língua inglesa pode optar por um tradutor online como o Google.

    Artigos sobre a Índia