Venezuela

    População - 30,912,302 (Julho 2016 est.)

    Capital - Caracas

    Língua oficial - Espanhol

    Moeda oficial - Bolivar

    Código Internacional de telefone - +58

    Fuso horário - UTC/GMT -4

    Principais aeroportos - Aeroporto Internacional Simón Bolívar (Caracas)

    Pontos turísticos da Venezuela

    Salto Ángel

    Catarata Salto Ángel, na Venezuela.

    Salto Ángel é uma das atracções turísticas mais populares na Venezuela, pois é a catarata mais alta do planeta. A água desce vertiginosamente desde 979 metros de altura, da Montanha Auyantepui, no Parque Nacional Canaima. Localizada no Rio Gauja, a queda d’água foi designada inicialmente como Kerepakupai Vená, o que significava algo como “salto do ponto mais alto”, mas seria posteriormente mudado para Salto Ángel, em homenagem a Jimmie Angel, um aviador norte-americano que foi o primeiro a voar sobre as cataratas.

     

    No coração do país, onde enormes monólitos preenchem a paisagem circundante, encontram-se estas magníficas quedas d’água. Este deslumbrante local no Parque Nacional de Canaima é remoto e de difícil acesso, mas os voos sobre as cataratas são facilmente organizados.

    Médanos de Coro

    Dunas do Parque Nacional Médanos de Coro, Venezuela

    As vastas e enormes dunas de areia, no Parque Nacional Médanos de Coro, são deslumbrantes. O Parque Nacional Médanos de Coro proporciona aos visitantes paisagens surpreendentes, com dunas de areia ondulantes. Este tipo de paisagem é típico de uma cena de deserto. Todavia, a grande diferença é que se encontra na Venezuela, no extremo da América do Sul.

     

    As dunas - algumas das quais com 40 metros de altura - apresentam tons coloridos de laranja e amarelo. Conhecidas localmente como médanos, as dunas estendem-se pela paisagem, com linhas curvas, sendo moldadas constantemente por ventos altos. Por estarem situadas numa zona árida, a fauna e flora são limitados. No entanto, existem várias lagoas dispersas entre as colinas, formadas por décadas de inundações.

     

    As dunas são um lugar popular para fazer esqui na areia e também para andar de camelo. O parque nacional é facilmente acessível de autocarro ou táxi desde a cidade de Coro.

    Monte Roraima

    Monte Roraima, na fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana

    O Monte Roraima é uma montanha de 2810 metros de altitude, na zona de fronteira entre a Venezuela, Brasil e Guiana, embora a maior parte desta fantástica área esteja no interior do território venezuelano. Estima-se que estas formações geológicas tenha aparecido há dois mil milhões de anos e tenha servido de inspiração ao escritor escocês Arthur Conan Doyle (autor de Sherlock Holmes) quando, em 1912, escreveu o romance de ficção O Mundo Perdido.

     

    O Monte Roraima é um local místico e que dá abrigo a plantas e animais raros e seduz amantes da natureza e aventureiros. Roraima é uma espécie de ilha que toca o céu, com formações rochosas bizarras, cataratas e plantas carnívoras. Roraima é um dos pontos mais altos no Parque Nacional Canaima e existem caminhadas de vários dias para o qual necessita de boa forma física. A temperatura cai bastante à medida que se trepa o caminho para Roraima e o tempo está muitas vezes nublado, com nevoeiro ou a chover.

    Los Roques

    Praia arquipélago de Los Roques, na Venezuela

    O Parque Nacional do Arquipélago de Los Roques foi criado em 1972 pelo governo venezuelano para proteger um ecossistema marinho de excepcional beleza. O Arquipélago de Los Roques é o maior parque marinho no Mar do Caribe, onde os recifes de coral albergam fauna e flora. Praias de encantar, água azul-turquesa e desenvolvimento modesto - sem hotéis altos - atraem viajantes para esta cadeia de ilhas a 160 km do território continental da Venezuela. O parque tem sublimes águas cristalinas, o que tornam Los Roques num paraíso para actividades como mergulho, vela e pesca.

     

    Um dos destaques para muitos visitantes é a pequena ilha Cayo de Água, provavelmente, uma das mais belas praias da Venezuela. O tempo vai passar devagar mas irá, por certo, sentir saudades quando for hora de sair de Los Roques.

    Parque Nacional Morrocoy

    Iate no Parque Nacional Morrocoy, Venezuela

    O Parque Nacional Morrocoy, que se estende ao longo da costa venezuelana, é conhecido pelas incríveis praias de areia branca e recifes de coral. Algumas das ilhas mais populares são Cayo Sombrero, Cayo Borracho, Cayo Sal e Cayo Peraza.

     

    Mergulho é uma das principais actividades para quem deseja mais do que banhos de sol na praia. A área é também rica em fauna e um elevado número de aves como águias-marinha, papagaios ou flamingos habitam o Parque Nacional Morrocoy. Existem dois pontos de acesso principais, um em Tucacas e outro em Chichiriviche, com serviços de barco para as ilhas disponíveis em ambas as cidades.

    Quando visitar a Venezuela

    A maioria do território da Venezuela goza de um clima tropical, com tempo quente em todo o país, excepto nas regiões mais montanhosas.

     

    O ano é dividido em duas estações: a estação chuvosa que dura de Maio a Novembro e a estação seca, de Dezembro a Abril, excepto nas zonas de floresta onde a chuva é quase permanente. A melhor altura para visitar a Venezuela é durante a estação seca, mas a cascata de Salto Ángel é muito mais impressionante na estação chuvosa.

    Venezuela - Estado do tempo



    Segurança na Venezuela

    Antes de partir de viagem é extremamente importante verificar quais as condições de segurança no país e região que vai visitar. Há vários motivos para dar uma vista de olhos nas informações detalhadas sobre segurança. Primeiro, pela sua própria salvaguarda e, também, para planear melhor a sua viagem. Depois, para se manter actualizado caso ocorra alguma situação menor ou grave durante a sua estadia na Venezuela.


    O site do Governo inglês é actualizado com muita regularidade para todos os países e o meu conselho é que, mesmo antes de reservar o voo para o seu destino de eleição, espreite o site e verifique se existe alguma indicação de problemas. A informação está, obviamente, escrita em inglês, mas caso tenha dificuldade em perceber a língua inglesa pode optar por um tradutor online como o Google.


    Alguns exemplos que podem surgir antes ou durante a sua estadia e que merecem monitorização permanente são: atentados em Londres, manifestações na Venezuela, greves e cortes de estrada na Bolívia, furações nas Caraíbas, inundações na Ásia, ou fogos florestais em Portugal. Além disso, o site dispõe - para alguns países - de mapas regionais detalhados indicando os locais em que é desaconselhada a visita para turistas.

    Artigos sobre a Venezuela


    Ainda não existem artigos. Explore outros destinos nos Lugares Incertos